Multas mais caras a partir de amanhã: excesso de velocidade lidera em Salvador
31/10/2016 15:40 em Trânsito

A partir desta terça-feira (1º), as multas por infrações de trânsito ficam mais caras em todo o Brasil. O reajuste no valor cobrado varia de 53% a 63% e o número de pontos retirados na carteira de habilitação também será maior, na medida em que a gravidade de algumas infrações também será alterada.

 

Os motoristas soteropolitanos, por exemplo, terão que ficar mais atentos: a multa por excesso de velocidade em até 20% superior à máxima permitida na via, considerada infração média, já é a mais cometida pelos motoristas de Salvador em 2016: foram 399.867 notificações entre 1º de janeiro e 26 de outubro deste ano. Quem estava acostumado a pagar R$ 85,13 pela infração considerada média terá que desembolsar R$ 130,16 a partir de amanhã.

 

Além dos apressados, também integram o ranking de infrações em Salvador os que usam a faixa exclusiva aos veículos de transporte público coletivo de passageiros (61.226 notificações), os que avançam o sinal vermelho (40.590), os que estacionam em local e horário proibido pela sinalização (27.864) e os que dirigem falando aos celular (27.156).

 

Em 300 dias, foram emitidas 727.279 multas pela Transalvador, uma média de 2.424 por dia. Destas, 556.703 foram pelas infrações citadas - 76,5% do total. Todas elas sofrem reajustes a partir de amanhã.  

 

A partir desta terça-feira (1º), as multas por infrações de trânsito ficam mais caras em todo o Brasil. O reajuste no valor cobrado varia de 53% a 63% e o número de pontos retirados na carteira de habilitação também será maior, na medida em que a gravidade de algumas infrações também será alterada.

 

Os motoristas soteropolitanos, por exemplo, terão que ficar mais atentos: a multa por excesso de velocidade em até 20% superior à máxima permitida na via, considerada infração média, já é a mais cometida pelos motoristas de Salvador em 2016: foram 399.867 notificações entre 1º de janeiro e 26 de outubro deste ano. Quem estava acostumado a pagar R$ 85,13 pela infração considerada média terá que desembolsar R$ 130,16 a partir de amanhã.

 

Além dos apressados, também integram o ranking de infrações em Salvador os que usam a faixa exclusiva aos veículos de transporte público coletivo de passageiros (61.226 notificações), os que avançam o sinal vermelho (40.590), os que estacionam em local e horário proibido pela sinalização (27.864) e os que dirigem falando aos celular (27.156).

 

Em 300 dias, foram emitidas 727.279 multas pela Transalvador, uma média de 2.424 por dia. Destas, 556.703 foram pelas infrações citadas - 76,5% do total. Todas elas sofrem reajustes a partir de amanhã.  

 

 

 

Correio*

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!