Advogado que deu moradia a Fabrício Queiroz deixa defesa de Flávio Bolsonaro
22/06/2020 10:50 em Novidades

O advogado Frederick Wassef deixou a defesa do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) na investigação sobre movimentações financeiras suspeitas quando o parlamentar ainda era deputado estadual no Rio.

A desfeita foi anunciada depois de o ex-assessor de Flávio, Fabrício Queiroz, ser encontrado na casa do advogado, em Atibaia, na última quinta-feira (18/6). A decisão partiu do próprio senador, que fez o anúncio por meio das redes sociais. Ele alegou que “a lealdade e a competência” de Frederick são ímpares e insubstituíveis. Rodrigo Roca, ex-advogado de Sérgio Cabral, ex-governador do Rio de Janeiro, deverá assumir a defesa do senador.

Flavio Bolsonaro

✔@FLAVIOBOLSONARO

 
 

A LEALDADE E A COMPETÊNCIA DO ADVOGADO FREDERICK WASSEF SÃO ÍMPARES E INSUBSTITUÍVEIS. CONTUDO, POR DECISÃO DELE E CONTRA A MINHA VONTADE, ACREDITANDO QUE ESTÁ SENDO USADO PARA PREJUDICAR A MIM E AO PRESIDENTE BOLSONARO, DEIXA A CAUSA MESMO CIENTE DE QUE NADA FEZ DE ERRADO.

 
9.507 pessoas estão falando sobre isso
 
 

Wassef acabou irritando o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), ao conceder entrevistas á imprensa. Bolsonaro entendeu que o jurista está causando mais estragos do que ajudando na administração da crise do escândalo de Fabrício Queiroz.

Segundo a colunista do jornal Folha de S. Paulo, Mônica Bergamo, pessoas que conversaram com o presidente afirmam que ele está “de saco cheio” de Wassef. Em sua defesa, o advogado afirmou que abriu mão do caso porque está sendo usado para que as pessoas ataquem o Bolsonaro e o filho.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!