Prefeitura de Madre de Deus inicia lockdown neste domingo (21)
18/06/2020 13:30 em Bahia

O prefeito de Madre de Deus, Jailton Santana (PTB) anunciou nesta segunda-feira (15) que irá decretar lockdown, no município da Região Metropolitana de Salvador, a partir do dia 21 de junho, como forma de endurecer o enfrentamento ao novo coronavírus e conter o avanço da doença. A medida tem previsão inicial de durar sete dias.

O prefeito de São Francisco do Conde, Evandro Almeida se reuniu com o gestor nesta terça-feira (16)visto que, essa medida também atinge os bairros franciscanos localizados no entorno da cidade, será realizada outra reunião amanhã (17), no bairro do Caípe, junto às lideranças da comunidade e também dos bairros de Santo Estevão, Muribeca, Engelho de Baixo, Ilha do Paty e Socorro, onde será pautada a medida que será estabelecida na cidade vizinha.

Na oportunidade, além dos prefeitos municipais, também estiveram presentes, a secretária da Saúde de São Francisco do Conde, Eleuzina Falcão, o secretário de Governo, Eliezer de Santana, o secretário de Serviços, Conservação e Ordem Pública, Amarildo Guedes, a chefe de Gabinete, Cristina Marques, o assessor Jurídico, Jairo Teixeira, o assessor, Alexsandro Buri, além da assessora de comunicação da cidade de Madre de Deus, Jodevânia Alves.

“O objetivo é eliminar o foco de aglomerações em massa e conter o avanço do novo coronavírus no município. A meta é tirar pessoas das ruas”, explicou o prefeito.

O gestor participou de uma reunião com representantes das associações comerciais e religiosas para tratar sobre o assunto. “Importante para fazermos a construção de um decreto onde todos saibam das necessidades”, pontuou Jailton.

“As decisões são tomadas com amplo debate com representantes de segmentos da sociedade local organizada. Devemos estar todos unidos no combate a esta pandemia, que vem vitimando famílias em todo o planeta. Estamos encarando o problema de frente, mas precisamos da participação de todos nesse processo. Cada um fazendo a sua parte, com certeza, venceremos essa batalha, em breve”, concluiu.

lockdown não entrará em vigor de forma imediata para a população ter uma semana para a preparação necessária. A prefeitura fiscalizará o cumprimento da medida e a Polícia Militar poderá ser acionada, caso necessário.

No dia 5 de junho, a prefeitura já havia ampliado o toque de recolher na cidade, reduzindo o horário de restrição para circulação de pessoas, entre 18h e 5h. No primeiro decreto, de 15 de maio, o horário de restrição era entre 20h e 5h.

De acordo com o último boletim epidemiológico, Madre de Deus conta com 104 casos da Covid-19, sendo 42 ativos, 60 curados e dois óbitos.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!