Flavio Bolsonaro nega acusações e diz que Paulo Marinho quer sua vaga...
17/05/2020 12:39 em Politica

Flavio Bolsonaro reagiu às acusações de Paulo Marinho de que sabia com antecedência que a Operação Furna da Onça seria deflagrada

A operação em questão atingiu Fabrício Bolsonaro e, segundo Marinho disse à Folha, Flavio soube dela por meio de um delegado

Flavio acusa Marinho, seu suplente, de querer sua vaga no Senado e de ter se deixado levar pela ambição

"É fácil entender esse tipo de ataque ao lembrar que ele tem interesse em me prejudicar, já que seria meu substituto no Senado"

O senador Flavio Bolsonaro reagiu às acusações de Paulo Marinho de que o filho do presidente sabia com antecedência que a Operação Furna da Onça, que atingiu Fabrício Queiroz, seria deflagrada. Ele acusou Marinho, ex-aliado do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e seus filhos, de ter se deixado tomar pela ambição e de querer sua vaga no Senado.

"O desespero de Paulo Marinho causa um pouco de pena. Preferiu virar as costas a quem lhe estendeu a mão. Trocou a família Bolsonaro por Doria e Witzel, parece ter sido tomado pela ambição. É fácil entender esse tipo de ataque ao lembrar que ele, Paulo Marinho, tem interesse em me prejudicar, já que seria meu substituto no Senado", afirmou Flavio, em nota à imprensa.

A troca de acusações se deve a reportagem publicada hoje pelo jornal "Folha de S.Paulo" na qual o empresário Paulo Marinho, suplente de Flávio no Senado, afirma que o filho do presidente foi alertado com antecedência pela Polícia Federal sobre a operação que teria como alvo seu ex-assessor Fabrício Queiroz

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!