Madre Teresa de Calcutá é canonizada pelo Papa Francisco em missa para 100 mil fiéis
05/09/2016 16:53 em Mundo

O papa Francisco proclamou neste domingo (4) como santa a madre Teresa de Calcutá, que dedicou sua vida aos pobres, em uma missa de canonização celebrada na Praça de São Pedro, no Vaticano, diante de 100.000 fiéis.

“Proclamamos a beata Teresa de Calcutá como santa e a inscrevemos entre os santos, decretando que seja venerada como tal por toda a Igreja”, declarou o papa Francisco, que pronunciou em latim a frase de canonização ritual. Após a cerimônia, o papa Francisco convidará para almoçar 1.500 pessoas ajudadas pelas irmãs Missionárias da Caridade, a congregação fundada pela madre Teresa.

Na fachada da Basílica de São Pedro foi pendurado neste domingo um retrato gigante da missionária. Cerca de 100.000 fiéis compareceram à cerimônia na Praça de São Pedro, que estava lotada, e receberam com fortes aplausos o anúncio da canonização.

O ritual católico da canonização, tem a condição da realização confirmada de dois milagres. Sua canonização, na presença de uma dúzia de chefes de Estado, foi realizada justamente no ano que o pontífice argentino dedica à Misericórdia com um jubileu extraordinário.

Para o papa Francisco, a madre Teresa de Calcutá encarna seu ideal de uma “igreja pobre para os pobres”, embora tenha admitido que teria tido medo se esta pequena mulher determinada tivesse sido sua superiora.

A madre Teresa – nascida em 1910 no seio de uma família albanesa em Skopje e falecida em 5 de setembro de 1997 em Calcutá – recebeu o prêmio Nobel da Paz em 1979. Em 1950 fundou na Índia as Missionárias da Caridade, que conta atualmente com 5.000 religiosas que dedicam sua vida aos mais pobres e que vivem na austeridade.

 

VN

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!