“Bolsonaro é impulsivo, às vezes atira antes de pensar”, diz Boris Casoy
29/08/2019 09:26 em Famosos

Perto de completar três anos à frente do telejornal "RedeTV News", Boris Casoy recebeu o UOL Vê TV para uma entrevista na sede da emissora. A conversa girou em torno de telejornalismo, com reflexões sobre o passado, o presente e o futuro do noticiário na televisão. Um dos temas principais, na visão do jornalista, é o impacto da crise econômica sobre todas os canais, inclusive a Globo. "As emissoras estão atravessando dificuldades gigantescas", diz. Casoy conta sobre o cuidado que tem ao opinar no telejornal da RedeTV! e cita, fazendo um contraste, o presidente Jair Bolsonaro. "O presidente da República é um homem impulsivo, que às vezes atira antes de pensar. Se você quer fazer um jornalismo sério, tem que pensar muito antes de falar", diz. O âncora fala, também, sobre como lida com Marcelo de Carvalho, vice-presidente da emissora e apoiador ruidoso do governo, e com Franz Vacek, superintendente de jornalismo e esporte, que lhe dá liberdade total para opinar. Casoy menciona, ainda, a sua admiração por Ricardo Boechat, âncora da Band, morto em fevereiro deste ano. "Era uma figura muito avançada para o tempo", diz

Casoy relembra, ainda, o espanto que teve com a fama ao trocar a imprensa pela TV, reflete sobre a chegada da CNN no Brasil, fala de sua relação com Silvio Santos, avalia os 50 anos do Jornal Nacional, avalia o episódio em que ofendeu os garis, na Band, e diz o que pensa sobre aposentadoria.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!