Estudante de Cajazeiras conquista primeiro lugar na SBPC
29/07/2019 15:29 em Bahia

Maicon Douglas dos Santos, um estudante do Colégio Estadual Edvaldo Brandão Correia, em Cajazeiras, conquistou o primeiro lugar na área de Ciências Exatas e da Terra, integrada à 71ª reunião anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), que ocorreu no sábado, 27, na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul (MS).

A SBPC é considerada o principal evento de pesquisa acadêmica do país. No encontros há apresentação de trabalhos e inserção de debates realizados por professores, estudantes e cientistas de todo o Brasil.

O adolescente de 17 anos apresentou o projeto 'Razão celeste: um jogo sobre Astronomia', que trabalha com tecnologia e astronomia. O jogo foi desenvolvido por Maicon através do Projeto Ciência na Escola da Secretaria da Educação do Estado e possui o intuito de implementar no contexto escolar um equipamento didático-lúdica que pudesse abordar a astronomia como um tema transversal através de seus conceitos e os da física. O jogo também é composto por conteúdos da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA) são apresentados através de um quiz, para contribuir com os estudos dos alunos.

"Eu estou muito feliz, não só pelo prêmio, mas por um conjunto de coisas que me aconteceram, como apresentar meu trabalho na SBPC, trocar experiências com outras pessoas e mostrar o valor da escola pública. Agora, sinto-me no dever de levar aos meus colegas um incentivo e a motivação de que nós podemos ir mais além", comemorou Maicon.

O jogo

O desenvolvimento do jogo foi feito através do software Game Maker Studio. As interfaces ilustram o Sistema Solar, em formas 2D e 3D, permitindo que o usuário compreenda sobre as relações dos astros, fragmentação e sua movimentação. O jogador pode explorar os planetas, através de astronaves, e podem ser melhoradas com a utilização da moeda Astrocoim e que são conquistadas como recompensa por acertos nas respostas do quiz.

O professor de física e orientador Jorge Lucio dos Santos falou sobre a importância do jogo e do evento. "Com este jogo, outros estudantes poderão se preparar melhor para a Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA) através do acesso por computador ou celular com sistema Android. Estou muito contente por esta conquista e pela oportunidade do meu aluno poder ter contato com outros jovens que desenvolvem pesquisas de alto nível, e com o reconhecimento internacional".

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!