Atracado na Marina Aratu, ferry Mont Serrat passa por envelopamento
15/04/2019 15:31 em Bahia

Iniciou na manhã desta segunda-feira, 15, o envelopamento do ferry Mont Serrat, que está na Marina Aratu. No local também está a embarcação Ipuaçu, que não passará pelo mesmo processo por ter menos tempo de atuação, mas passará por processos para evitar vazamentos. O Mont Serrat possui 20 anos desde sua criação. Os ferries não são mais considerados embarcações pelo avançado estado de decomposição.

O processo de envelopamento consiste em colocar uma lona embaixo da embarcação, para evitar que resíduos poluentes atinjam o mar. A partir disso poderá iniciar a retirada. As embarcações foram compradas por R$ 117 mil pela SS Comércio de Metais Ltda, através de um leilão ocorrido em outubro de 2018, pelo Governo do Estado. De acordo com o advogado da empresa, Zilan Costa e Silva, o barco Ipuaçu, não irá precisar desse processo de envelopamento por estar em melhores condições.

O processo deveria ter começado no dia 10, mas não é finalizado em um único dia, pois o processo é complexo e visa a não poluição do mar. Pelas normas o ideal é um passo de cada vez. Segundo Zilan e o engenheiro Laurent Couvignou, que estão acompanhando este processo, não houve início nesta data devido as condições climáticas e foi adiado até a presente data visto que não há fortes chuvas.

Estima-se que o procedimento seja finalizado até o início da semana que vem, entre a segunda-feira, 22, e terça-feira, 23. Na operação ocorrida hoje há 15 pessoas atuando em todo o processo. De forma geral, desde o envelopamento até a retirada, 100 profissionais estarão envolvidos

 
COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!