Suspeitos envolvidos nos desvios de R$ 18 milhões são presos
22/11/2018 16:01 em Segurança

Três homens foram presos, suspeitos de participar de um grupo criminoso que realizava desvio de dinheiro que causou um prejuízo de R$ 18 milhões aos cofres do Estado nos últimos quatro anos.

A Operação Mosaico foi deflagrada nesta quinta-feira, 22 , e até o momento foram realizados três mandados de prisão e oito de busca e apreensão em Salvador e Camaçari. Marcos Antônio Oliveira dos Santos, Romário da Silva Romero e José Wildson Moreira dos Santos serão ouvidos.

O alvo principal foi a empresa varejista de pedras naturais Gabisa, acusada de não repassar aos cofres públicos o valor do ICMS cobrado de clientes e declarado ao fisco, a sobreposição reiterada de empresas e a utilização de sócios laranjas. A empresa foi classificada como "omissa contumaz" por deixar de realizar o pagamento do Débito Declarado. 

Marcos Antônio Oliveira dos Santos foi apontado como o lider da organização e em sua casa, localizada no Condomínio Busca Vida, em Camaçari, foram apreendidos documentos, celulares, computadores, chips, pen drivers, joias, dinheiro e uma pistola calibre 380 com documentação atrasada.

Romário da Silva Romero, era funcionário da empresa e era utilizado como laranja pelo empresário. Já o contador José Wildson Moreira dos Santos foi apontado como o responsável por orientar as estratégias contábeis de fraude ao fisco. 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
PUBLICIDADE
Para ouvir nossa rádio, baixe o aplicativo RadiosNet para celulares e tablets com Android ou iPhone/iPads.