DEM libera políticos para apoiarem quem quiserem no segundo turno
10/10/2018 15:21 em Politica

O partido Democratas  (DEM) anunciou nesta quarta-feira, 10, o posicionamento em relação ao segundo turno eleitoral com os candidatos Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT), que disputam a Presidência República. Em nota, o DEM pontuou que tanto os políticos como os militantes possuem liberdade para definir o apoio.

No último domingo, 7, o partido elegeu no país 29 deputados federais, quatro senadores e dois governadores. 

O partido produziu uma nota, assinada pelo prefeito de Salvador ACM Neto, e citou que viu nas eleições deste ano que os brasileiros "desejam e exigem profundas mudanças na política" e que notaram isso por meio dos votos nas urnas.

No texto, o partido cita que deseja construir um "novo Brasil" e que ele seja diferente dos posicionamentos apresentados pelo PT. O DEM também disse que o novo ambiente precisa que a "nação seja pacificada e os valores nacionais prevaleçam sobre interesses não republicanos que conduziram o Brasil à pior crise econômica".

 
COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!