Suspeito de matar mestre de capoeira a facadas tem prisão preventiva decretada
10/10/2018 08:36 em Segurança

O homem suspeito de ter matado o mestre de capoeira Romualdo Rosário da Costa, o Moa do Katendê, teve a prisão preventiva decretada pela Justiça, após uma audiência de custódia realizada na tarde desta terça-feira (09).

Paulo Sérgio Ferreira de Santana, de 36 anos, é acusado de ter esfaqueado a vítima após ela dizer que tinha votado no PT era contra o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL).

O crime aconteceu na madrugada de segunda (08) e o suspeito confessou o crime, alegando que estava bebendo desde cedo e que se arrependia do crime. A decisão da prisão foi tomada pelo juiz Horácio Pinheiro. Agora, Paulo vai aguardar o julgamento no sistema prisional. Do VN.

COMENTÁRIOS