Presos suspeitos de jogar grupo no mar após tentativa de estupro em passeio de barco
12/09/2018 08:40 em Segurança

José do Carmo de Jesus Reis e Maurício Ferreira Cavalcante, suspeitos de tentar estuprar duas mulheres e jogar dois homens no mar durante um passeio de barco, no último dia 5, foram presos nesta terça-feira, 11, no bairro do Lobato, no Subúrbio Ferroviário de Salvador.

De acordo com informações da Polícia Civil, a dupla teve a prisão preventiva decretada e os mandados foram cumpridos por investigadores da 29ª Delegacia Territorial (DT/Plataforma).

Conforme a Polícia Civil, as investigações indicaram que os homens foram empurrados para fora da embarcação enquanto os criminosos tentavam abusar sexualmente das duas mulheres que estavam a bordo.

As duas acabaram pulando na água para fugir do estupro. As mulheres e um dos homens, que não tiveram os nomes revelados pela polícia, conseguiram nadar até a praia. A mesma sorte não teve Robson de Jesus Santos Júnior, de 19 anos, que acabou morrendo afogado. 

O corpo do rapaz só foi encontrado na manhã da sexta, 7, por pescadores, na praia do Alvejado, em Plataforma. A polícia não confirmou a versão de que as vítimas foram saqueadas pela dupla.

Investigações continuam

Segundo a Polícia Civil, José e Maurício poderão ser indiciados por tentativa de estupro, homicídio, tentativa de homicídio e lesão corporal. Os dois já foram encaminhados ao sistema prisional.

Na segunda, 10, eles compareceram à 29ª DT, acompanhados de advogado, para prestar depoimento. Ambos negaram as acusações de crime sexual, roubo e de terem jogado as pessoas no mar e acabaram liberados. Nesta terça, foram capturados por força de mandado de prisão preventiva.

Toda a ação criminosa teria sido cometida quando o barco estava no trecho entre a Ribeira e Plataforma. Robson Júnior não sabia nadar, segundo familiares. O corpo dele foi sepultado no último sábado, 8, no cemitério Campo Santo, na Federação. Do A Tarde.

COMENTÁRIOS