E aí já vacinou o seu filho? Vacinação Contra Pólio e Sarampo terminam dia 31 de agosto
29/08/2018 10:39 em Saúde / Beleza

Recentemente, o Brasil vem registrando casos de sarampo. O país enfrenta dois surtos em Roraima e Amazonas. Até 14 de agosto, foram confirmados 910 casos de sarampo no Amazonas. Já o estado de Roraima confirmou 296 casos da doença. Também há outros casos isolados em São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rondônia e Pará.

Esse quadro faz necessário intensificar a vacinação em todo território nacional para garantir altas coberturas de imunização e evitar que a doença volte a se estabelecer no país. A meta é vacinar pelo menos 95% das crianças, para diminuir a possibilidade de retorno da pólio e reemergência do sarampo, doenças já eliminadas no Brasil. A baixa cobertura da vacina contra poliomielite também preocupa as autoridades de saúde, pois a vacina é a única forma de prevenção contra a paralisia infantil. Essas duas doenças ameaçam o futuro das crianças e podem voltar ao país!

No sábado18 de agosto, 32 equipes foram distribuídas em São Francisco do Conde, durante o “Dia D”, entre postos fixos e volantes, ou seja, além da vacinação nas Unidades de Saúde da Família, os vacinadores foram nas casas, estabelecimentos comerciais e outros espaços públicos, na busca por criança na faixa etária da campanha que é de um ano até menores de cinco anos.

Com metas e estratégias bem definida, o Monte Recôncavo, Caípe de Cima, Muribeca, Paramirim e Socorro já chegaram aos 95% de cobertura. Ao final do “Dia D” ficou definido que ainda era preciso vacinar cerca de 430 crianças no município. Cerca de 1.800 foram imunizadas até 18 de agosto.

O que é preciso para se vacinar

A população na faixa etária da campanha  pode se vacinar gratuitamente nas salas de vacinação localizadas nas Unidades Básicas de Saúde (UBS). Para isso, os pais ou responsáveis precisam levar as crianças com o cartão de vacinação.

Para quem perdeu o cartão de vacinação, a orientação é procurar o posto de saúde onde recebeu as vacinas para resgatar o histórico de vacinação e fazer a segunda via.  A ausência da Caderneta de Vacinação não é um impeditivo para vacinar.

Com informações do Ministério da Saúde: http://portalms.saude.gov.br/noticias/agencia-saude/44008-ministerio-da-saude-atualiza-casos-de-sarampo-no-brasil-08-2018

 

 

Secom SFC

COMENTÁRIOS