Bahia volta a Pituaçu para encarar o Cerro pela Sul-Americana
25/07/2018 08:58 em Esporte

Após ter avançado sobre o Blooming, da Bolívia, na primeira fase da Copa Sul-Americana, o Bahia enfrenta nesta quarta-feira, 25, às 21h45, no estádio de Pituaçu, em Salvador, o Club Atlético Cerro, do Uruguai, em jogo válido pela partida de ida da segunda fase da competição.

O confronto traz uma marca histórica: esta é a primeira vez que o Esquadrão vai enfrentar um time uruguaio em uma partida de uma competição oficial.

Contando com amistosos e torneios, já se vão 21 anos desde a última partida do Bahia contra uma equipe uruguaia, na Copa Renner de 1997. Nessa ocasião, o Tricolor baiano derrotou o Nacional do Uruguai por 4 a 1, na Ilha do Retiro, em Recife, com gols de Pachequinho, Messias, Edmundo e Lima Sergipano.

Ídolo Tricolor, o volante Lima Sergipano lembra da forma aguerrida com que os uruguaios atuaram na partida, mesmo em se tratando de um torneio.

“São jogadores que não abrem mão de usar a força, mesmo em uma competição de pouca expressão, sempre com muita vontade e muita catimba. É um estilo ruim de enfrentar, nunca desistem das jogadas”, disse o eterno ‘canhão do Fazendão’.

Se o Cerro não tem a mesma tradição de Peñarol e Nacional, principais equipes do futebol uruguaio, o Cerro traz muita história: o time, criado em 1922, tem 95 anos de existência. O Cerro nunca conquistou o título nacional, mas vem de boas performances, como ficar na terceira posição no campeonato nacional da temporada 2015-2016, garantindo o direito de disputar a Libertadores, em 2017.

Sem poder utilizar a Arena Fone Nova, que receberá um show, o Bahia mandará a partida desta quarta em Pituaçu, no qual o Esquadrão ostenta uma invencibilidade de 14 jogos desde 2015, quando perdeu no Campeonato Baiano para a Jacuipense. Por outro lado, o Tricolor vem de empate nos últimos três jogos em ‘Pituaço’: contra Avaí, Fluminense de Feira e Botafogo-PB.

Logo após o triunfo sobre o Vitória no clássico do último domingo, o técnico Enderson Moreira deixou claro que pretendia poupar jogadores na partida desta quarta, devido a forte sequência de jogos que o clube tem enfrentado.

A assessoria Tricolor não divulgou a lista de relacionados para a partida, mas pelo menos quatro jogadores devem ser poupados: o zagueiro Tiago, os volantes Gregore e Elton, além do atacante Edigar Junio. Todos não participaram do treino desta terça, 24, no Fazendão.

Outro que está fora da partida desta quarta é o lateral-direito Bruno, que por ter sido inscrito pelo São Paulo, seu ex-clube, para um jogo da primeira fase da Copa Sul-Americana, não poderá defender o Bahia este ano na competição.

Seu substituto deve ser o volante Flávio, mas o jovem da base Edimundo, inscrito na competição, pode ser uma surpresa na equipe titular.

Chance para Nilton

Quem deve aproveitar a partida desta quarta para ter uma chance no time titular é o volante Nilton, que não começa uma partida justamente desde o confronto contra o Blooming, também pela Sul-Americana, em abril.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!