Cliente de banco é agredido após reclamar de demora no atendimento
12/07/2018 - 11h35 em Bahia

O cliente de uma agência do Banco do Brasil em Feira de Santana foi agredido por um segurança após reclamar da demora no atendimento. Claudio Carneiro, de 59 anos, fez uma denúncia ao Procon após esperar duas horas para ser atendido, segundo relatou ao site Acorda Cidade. 

A agressão ocorreu na terça, 10, e foi registrada em vídeo. Nas imagens, Claudio é empurrado pelo segurança e levado para fora da área do caixa. O cliente disse ainda que o funcionário do banco jogou no chão o dinheiro que ele ia depositar. 

"Quando completaram duas horas que eu estava aguardando o atendimento, chegou o Procon. Eles viram os prepostos do Procon entrando e comunicaram ao gerente, que autorizou para que não me atendessem. Quando chegou a minha vez fui para o caixa, e o segurança do banco disse que eu não ia ser atendido”, relatou Claudio.

Após a denúncia, fiscais do Procon notificaram a agência pelo descumprimento do Código de Defesa do Consumidor, que limita espera por atendimento a 15 minutos. 

O Sindicato dos Bancários de Feira de Santana se pronunciou sobre o caso e afirmou que Claudio tentou agredir fisicamente uma funcionária do banco, antes de ser afastado pelo segurança. 

“Segundo ela (a funcionária), se não fosse a interferência do segurança que conteve o cliente, poderia ter ocorrido de fato a agressão. Ela disse que também prestou queixa e achamos que o funcionário não tem culpa pela demora no atendimento”, disse o diretor de comunicação do sindicato, Edmilson Cerqueira, ao Acorda Cidade

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!