Titular contra a Chape, Cedric vira dono da lateral direita do Vitória
08/06/2018 11:13 em Esporte

A lateral direita do Vitória tem um novo dono. Pelo menos até a parada para a Copa do Mundo, Cedric deve assumir o posto de titular. A cria da base rubro-negra esteve no onze inicial contra a Chapecoense, quarta-feira, 6, e suportou bem a pressão que tem sido jogar na posição.

“Logo no começo do jogo errei o primeiro passe. Pensei que não seria meu dia. Mas meus companheiros passaram confiança, fiquei mais ligado no jogo e errei bem menos”, revelou o jogador, nesta quinta, 7, em entrevista coletiva.

As laterais têm sido motivo de dor de cabeça para o Vitória. No lado direito, por exemplo, sete jogadores já atuaram em 2018: Lucas, Rodrigo Andrade, José Welison, Lucas Marques, Yago, Jeferson e Cedric.

Lucas chegou ao Barradão com status de titular, mas nunca correspondeu com boas atuações. Nos últimos dias existiu a especulação de que ele seria devolvido ao Palmeiras, clube que o emprestou ao Leão. Depois da partida contra a Chape, jogo em que Lucas ficou no banco, Mancini deu fim ao boato.

“A gente não pode abrir mão de ninguém. Mesmo que o atleta não esteja no máximo que ele pode, ele é importante para a construção do clube”, explicou o treinador.

Aos 20 anos, Cedric foi titular pela segunda vez em 2018 no jogo contra a Chape. Ele deve seguir no time nos próximos jogos, contra Corinthians e São Paulo, ambos fora de casa. Desafios hercúleos, mas que não intimidam o jovem lateral.

“Se for começar o jogo, estou bem preparado. A opção é do técnico. (...) Desde a base a gente vem tendo esses jogos fortes, venho me preparando. Contra o Corinthians, é partir para cima”, projetou.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!