Com Thiaguinho e derrota de Anitta, Caldeirão de Ouro comete injustiças
08/01/2018 - 10h41 em Famosos

Alusão à famosa premiação Globo de Ouro, o quadro Caldeirão de Ouro já é um clássico do programa de Luciano Huck. Entretanto, a edição deste ano, exibida neste sábado (06), cometeu grandes injustiças, reconhecidas pelo público nas redes sociais e prontamente ressaltadas pela coluna (a seguir).

Para surpresa de muitos, Thiaguinho apareceu entre os dez, na décima posição. Vários artistas mereciam estar nesse ranking pela repercussão no ano passado, menos o marido de Fernanda Souza e amigo do apresentador.

 

Aliás, sabe-se que o programa reúne as dez músicas mais tocadas do ano, mas não ficam claros os critérios ou qual metodologia de mensuração. Quer dizer que Luan Santana, que ficou em segundo lugar, tocou mais do que Anitta (3ª) em 2017?

Quem está injustiçada está aqui (Foto: Reprodução/Globo)
Quem foi injustiçada está aqui (Foto: Reprodução/Globo)

Por sinal, Anitta foi injustiçada no Melhores do Ano do Faustão e agora também no Caldeirão. Pabllo Vittar fez bastante sucesso em 2017, mas Anitta fez mais.

Nesse contexto, a única coisa a ser elogiada nesta edição do Caldeirão de Ouro foi a presença sempre bem-vinda de Tatá Werneck, que dividiu o palco com Luciano e Paolla Oliveira. De resto, melhoras.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!