Acusado de agressão pela mulher, 'Naldo Benny está muito abalado e arrependido', diz anigo
07/12/2017 - 12h37 em Famosos

Acusado de agressão pela mulher, Ellen Cardoso, Naldo Benny está muito abalado e arrependido, segundo informou ao EXTRA um amigo próximo do cantor. Ele foi preso na tarde desta quarta-feira por porte ilegal de arma de fogo após ser denunciado pela mulher de agressão. O cantor está em casa, no Rio, enquanto Moranguinho deixou o imóvel com a filha do casal, Maria Vitória, de 2 anos. "Ele está muito abalado e chora o tempo todo. Está muito arrependido e quer muito a família dele de volta", disse uma pessoa próxima.

 

No fim da noite desta quarta-feira, após pagar fiança e deixar a Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) em Jacarepaguá, Naldo gravou um áudio para se desculpar com a mulher e com os fãs do ocorrido. "Quero pedir perdão à minha mulher. Vou lutar pela minha família. Estou extremamente destruído, arrependido, quebrado, completamente machucado", disse ele, continuando: "Quero pedir perdão aos meus fãs, uma saudade absurda da minha filha, uma saudade absurda da minha mulher. E vou lutar pela minha família. Não abro mão da minha família".

 

O cantor falou até que já está buscando tratamento psicológico: "Já estou em busca de profissionais que possam me ajudar a ficar em condições de rever tudo que eu fiz, de ser um ser humano melhor, de me tornar um homem melhor, de ser uma pessoa que possa ajudar quem passar por esse tipo de problema. Tenho fé em Deus que vou conseguir isso. Peço orações das pessoas que me amam, que amam minha mulher, que amam minha família".

 

"Uma vez, conversando com dois amigos no carro, eu voltava para casa com o coração apaixonado, mesmo sentimento que tinha pela minha mulher quando eu a namorava. Assim como amo minha filha, amo minha mulher e peço orações às pessoas. E, em nome de Jesus, tenho certeza que vou dar a volta por cima", finalizou Naldo.

Mulher Moranguinho, nome artístico de Ellen Cardoso, denunciou o marido após ter sido agredida no último sábado. Segundo ela, durante uma briga, Naldo a agrediu com socos, chutes e puxões de cabelo. As agressões do cantor já acontecem há sete anos, desde antes do casamento dos dois, e seriam motivadas por ciúmes.

 

A juíza Ana Paula Delduque Migueis Laviola de Freitas, do 3º Juizado de Violência Doméstica de Jacarepaguá, determinou, com base na Lei Maria da Penha, que o artista fique afastado da mulher, de seus familiares e testemunhas do caso, mantendo distância mínima de 100 metros. Ele também foi proibido de ter qualquer contato com Ellen por quaisquer meios de comunicação, inclusive a internet.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!