Refinaria vai começar seleção para contratar 2.500 trabalhadores
08/09/2017 - 12h09 em Concurso/ Emprego

A Refinaria Landulpho Alves-Mataripe (RLAM) vai iniciar processo de seleção para contratar 2.500 trabalhadores de diversas áreas.

 

De acordo com as informações levantas, as contratações serão feitas para atender demanda de serviços em Parada de Manutenção na Refinaria, que fica localizada no município de São Francisco do Conde, no estado da Bahia. “ Serão realizadas obras de suporte, manutenção, reforma, acoplagem e montagem em geral. As empresas responsáveis pelos serviços vão contratar mais de 2,5 mil profissionais”, destacou.

 

Ainda de acordo com a coordenação, as obras irão gerar 2.500 empregos, sendo 80% das vagas serão destinadas aos municípios da região metropolitana. Segundo ela, serão seis empresas contratantes de mão de obra temporária para a manutenção da unidade 39 da refinaria.

 

“Fizemos um acordo coletivo que 20% do total de vagas ficarão a disposição das empresas. Foram seis empresas que assinaram oito contratos e terão o direito de trazerem os seus estafes. Os outros 80% ficarão e serão divididos de forma igualitária entre os municípios de Madre de Deus, Candeias, São Sebastião do Passé, São Francisco do Conde e Simões Filho”, declarou.

Haverá necessidade de vários profissionais em variados ramos de atuação. Profissionais como Caldeireiro, Soldador, Encanador Caldeireiro, Isolador, Refratarista e Técnico de Segurança do Trabalho terão destaques garantidos.

 

Mas as empresas também vão contratar Técnico em Mecânica, Técnico em Instrumentação, Técnico em Elétrica, Ajudante Industrial, Auxiliar Administrativo, Apontador, Ajudante de Manutenção, Eletricista, Encarregados de Manutenção, Encarregado de Montagem, Inspetor de Solda, Inspetor de Equipamentos e muitos outros trabalhadores.

 

A coordenação do SineBahia informou que existem novos critérios para contratação de profissionais em empresas que prestam serviços à Refinaria Landulpho Alves (RLAM). Com a nova política para a contratação de mão de obra temporária, o processo seletivo será feito através de sorteio eletrônico e intermediado pelo SineBahia.

 

 “Nós definimos que dentro desses processos, todos os trabalhadores que estão com o cadastro atualizado irão participar do processo. O Sine central fará uma seleção a partir das relações que iremos encaminhar. Eles vão puxar todos que estão no perfil e o próprio sistema irá selecionar o postulante à vaga, a central entra em contato com o candidato e ele deve buscar sua carta no Sine local”, explicou.

 

 

 

 

Candeias Mix

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!