Ex-presidente do Peru e sua esposa se entregaram para cumprir prisão
14/07/2017 - 11h08 em Mundo

Na noite desta quinta-feira (13), o ex-presidente do Peru, Ollanta Humala, e sua esposa, Nadine Heredia, se entregaram ao Tribunal Penal Nacional, em Lima, para cumprir prisão preventiva.

O juiz Richar Concepción decretou prisão preventiva de 18 meses para o casal, por lavagem de dinheiro relacionada a doações irregulares de campanha da Odebrecht.

O advogado do casal, Wilfredo Pedraza, anunciou que eles apelarão a instâncias superiores. Através do Twitter, o ex-presidente desabafou e disse que a prisão preventiva é “a confirmação do abuso do poder, que nós faremos frente, em defesa dos nossos direitos e dos direitos de todos”. 

 

VN

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!